PPPs Metro e Carris

O Sítio ideal para a desbunda ... :)
(Uma Necessidade de uma comunidade em crescimento)

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor forunista » 30 set 2015, 10:39

Imagem

Estes dados são oficiais, não há cá truques.

Das contas, nota-se uma diferença significativa na postura do Governo face a este empreendimento, completamente diversa da atitude face ao investimento de longa duração nos Metros de Lisboa e Porto e na Rede Ferroviária Nacional. Enquanto nestes três casos o governo optou por subfinanciar o investimento carregando as empresas públicas de dívida, no caso da MTS(Metro Sul do Tejo) o governo assumiu todo o investimento libertando a concessionária desta responsabilidade.

Mas não contente com esta realidade, o Governo ainda celebrou a 21 Novembro de 2008 um novo contrato com a MTS, onde o Estado pagou directamente à concessionária 77 Milhões de Euros, porque «a obra estava atrasada». Ou seja, o Estado acabou por pagar TODO o investimento!

Tivesse o Estado usado o mesmo critério de financiamento do ILD nas Empresas Públicas que usou com as Empresas Privadas e 90% da dívida de empresas como a Refer, a Metro do Porto e o Metro de Lisboa não existiria! Mas a opção foi a que se conhece!
forunista
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 1511
Registado: 14 fev 2007, 14:49
Distrito onde reside.: Lisboa
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Tartarini
Marca do Veículo: Renault
Modelo: Clio II 1.2 16v
Ano: 2002

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor leoj » 30 set 2015, 10:44

forunista Escreveu:
leoj Escreveu:Em 2013 a situação de todas as empresas de transporte do estado era esta, não acredito que tenha melhorado:

http://economico.sapo.pt/noticias/divid ... 95187.html


Sim, as dividas aumentarem são fruto do governo sub-contratar(PPPs) outras empresas para fazerem o que faziam antes funcionários da empresa. E...de financiarem mais essas empresas privadas que entram em vez da própria empresa pública. Exemplo concreto, a CP tem às costas 3 empréstimos de 100 milhões de euros, cada. Enquanto isso, deu-se ao luxo de dar(a palavra é mesmo esta) os comboios à Fertagus.



Falou como um verdadeiro trabalhador da CP, mas além desses empréstimos e esses sub-contratos todos, que aumentam as dividas, esqueceu-se de mencionar as regalias que os funcionários têm/tinham que em nada abonava para o bom estado financeiro da empresa, além das sucessivas greves que esses mesmos funcionários fizeram/fazem para manter essas regalias:

CP - Viagens de borla para funcionários (até aqui tudo bem), cônjuges, filhos, enteados e irmãos solteiros (estes teriam ou têm direito a 4000 mil quilómetros de borla por ano, e caso os gastassem 75% de desconto na compra de bilhetes, isto é que eu não entendo, todos a viajar de borla, quanto dinheiro ficou por entrar na CP com todas estas borlas).

CP - Só por se apresentar ao trabalho, cada maquinista recebe/recebia mais de seis euros por dia, devido ao subsídio de assiduidade (espera é o trabalho dele e só por se apresentar para trabalhar recebe/recebia mais 6 euros por dia)

Estes e mais subsídios, representam/representavam mais de metade – 54,3% – dos encargos totais com salários.Apenas em subsídios de condução, a CP gasta cerca de 4 milhões de euros, aos quais se juntam 2,4 milhões de euros em prémios de condução e 3,3 milhões de euros em prémios de chefia. Já as diuturnidades (antiguidade) custam 3,3 milhões de euros à empresa e os gastos o pagamento por trabalho em dias de descanso não compensados ascendem aos 4,5 milhões de euros.

TAP - Os filhos dos trabalhadores não pagam bilhetes de avião nesta operadora aérea até aos 25 anos e alguns mantêm a regalia mesmo depois de os pais já se terem reformado........

TAP - Possui acordos com hotéis de 5 estrelas, que oferecem descontos de 50% a todos os funcionários e acompanhantes, nas férias (quanto pagará a TAP por isto)

TAP - O salário médio na TAP é superior ao salário de topo de carreira na maior empresa de aviação do mundo........

Carris - Estar de baixa compensa porque a empresa garante ao trabalhador o salário sem descontos (paga zé povinho)

Isto para mencionar mais algumas despesas que aumentam ao passivo das empresas, para não ficar na ideia que é apenas as concessões e empréstimos....
http://images.spritmonitor.de/671222.png
Avatar do Utilizador
leoj
Utilizador
 
Mensagens: 200
Registado: 27 abr 2005, 18:47
Localização: Guimarães
Distrito onde reside.: Braga
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: LandiRenzo
Marca do Veículo: Opel
Modelo: Mokka
Ano: 2014

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor forunista » 30 set 2015, 10:50

leoj Escreveu:Falou como um verdadeiro trabalhador da CP,


Falei como português e não um vendido.

Quanto aos teus comentários, a maioria são falsos ! Se quiseres provar alguma coisa, fontes, sff. Documentos oficiais, como os CCTs.

Eu falo como um verdadeiro trabalhador, ou seja, falo como a maioria. Tu falas de pedra na mão contra os que trabalham e sobre o quadro que aí coloquei, zero comentários, o que acho curioso como preferes que empresas privadas(governadas por meia dúzia de pessoas) chulem-nos quando és contra as "mordomias". É aí que está o problema e não nos trabalhadores. Tens aí a prova, não vale a pena desviar atenções.
forunista
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 1511
Registado: 14 fev 2007, 14:49
Distrito onde reside.: Lisboa
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Tartarini
Marca do Veículo: Renault
Modelo: Clio II 1.2 16v
Ano: 2002

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pcta » 30 set 2015, 12:16

forunista Escreveu:
pcta Escreveu:Os transportes públicos são fundamentais ao bom desenvolvimento do país/região, até admito a entrada de privados para gerir, mas com a condição de todos ganharem (estado, privado e utente), se bem negociado deve ser possível.


Mas alguém acredita, mesmo sem conhecimento de causa, que o privado traz melhores condições para o utente a um melhor preço ? Oh meus amigos, o privado quer lucro, ponto. Qual é o privado que consegue competir a nível de preços com o público ? Nenhum, como é óbvio. Os transportes públicos servem para servir a população, é para isso que pagamos impostos, não serve para dar lucros a privados.


Concordo a 100%, mas neste momento os transportes públicos servem outros desígnios que não os utentes. Falo de transportes públicos como de outras empresas publicas.
... a poluir pouco, mas ainda a poluir :(
Avatar do Utilizador
pcta
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 3548
Registado: 30 jul 2010, 16:03
Distrito onde reside.: Coimbra
Viatura a GPL?: Não

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor j_verne » 30 set 2015, 12:22

pcta Escreveu:
forunista Escreveu:
pcta Escreveu:Os transportes públicos são fundamentais ao bom desenvolvimento do país/região, até admito a entrada de privados para gerir, mas com a condição de todos ganharem (estado, privado e utente), se bem negociado deve ser possível.


Mas alguém acredita, mesmo sem conhecimento de causa, que o privado traz melhores condições para o utente a um melhor preço ? Oh meus amigos, o privado quer lucro, ponto. Qual é o privado que consegue competir a nível de preços com o público ? Nenhum, como é óbvio. Os transportes públicos servem para servir a população, é para isso que pagamos impostos, não serve para dar lucros a privados.


Concordo a 100%, mas neste momento os transportes públicos servem outros desígnios que não os utentes. Falo de transportes públicos como de outras empresas publicas.

x2

Agora está na moda dizer "porque é que o estado haveria de construir barcos? Ou ter companhias aéreas? Ou 'x' ou 'y'?"

Daqui a pouco estamos a perguntar porque é que o estado haveria de ter escolas, ou hospitais... :-s :-s
j_verne
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 3243
Registado: 11 abr 2009, 14:32
Distrito onde reside.: Guarda
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: BRC
Marca do Veículo: Skoda
Modelo: Octavia 1.6i
Ano: 2006

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pcta » 30 set 2015, 12:27

Não vou nessa onda, a função do estado (pelo menos a que eu vejo) é ter um papel importante na sociedade, justiça, saúde, escola e na economia na vertente regulatória, um banco publico, aguas, energia, resíduos, enfim empresas publicas essenciais ao estado (neste caso, todos nós).
Agora pq razão tem o estado de fazer barcos, aviões, sapatos, pregos, etc.....?
... a poluir pouco, mas ainda a poluir :(
Avatar do Utilizador
pcta
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 3548
Registado: 30 jul 2010, 16:03
Distrito onde reside.: Coimbra
Viatura a GPL?: Não

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor forunista » 30 set 2015, 13:15

Não quero alimentar outros assuntos porque senão este era outro tópico que fechou há tempos e principalmente, não é esse o objectivo e não se discute a aprofunda o motivo do tópico.

O quadro que aí coloquei é a prova de que o Estado financia empresas privados com fatia de leão(61%), enquanto que empresas públicas, financia com fatia de formiga(7%). Está aqui a causa do problema. Está à vista de todos.
Como é de esperar, se as empresas do povo(eu gosto de chamar assim, são nossas) têm tantas dívidas, deve-se ao facto do governo canalizar o dinheiro para os privados e subjugar as empresas públicas a empréstimos bancários. O objectivo é mais do que conhecido, acumular dívidas e consequentemente "prejuízos" para depois dizer: Privado gere melhor, privatize-se ! E depois, inverte-se o comportamento do governo, passa a injectar dinheiro na empresa que acabou de ser privatizada.

A estratégia tem décadas.
forunista
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 1511
Registado: 14 fev 2007, 14:49
Distrito onde reside.: Lisboa
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Tartarini
Marca do Veículo: Renault
Modelo: Clio II 1.2 16v
Ano: 2002

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor chorao » 30 set 2015, 14:11

forunista Escreveu:Então não seria um "mas" porque ambos fazem "à tua pessoa".

Chorao, sê directo quando fazes acusações. "sindicatos e partidos de esquerda", QUAIS ?
Eu sou sindicalizado e delegado, logo, sou afectado pela tua acusação.
Igualmente sou militante de um partido de esquerda(PCP), portanto, estou igualmente a ser acusado de..veja-se só...ser o culpado de maus serviços públicos (só me faltava mais esta !).

É muito bonito dizer "isto é tudo uma cambada, uns chupistas, uns ladrões" porque não se está em partidos, organizações, etc. Confio mais num tipo do CDS do que em quem não diz em quem vota. Porque o tipo do CDS, identifica-se, sabe-se com o que se pode contar. Quem só atira umas para o ar e não se identifica com nada, ou esconde em que se identifica ou é como o Marinho Pinto, das dezenas de partidos, não gosta de nenhum e cria mais um. Qualquer dia é um partido por pessoa ! A estes digo, não gostas da comida, salta para a cozinha e faz tu, agora, cuspir na própria sopa, não.

não estou a acusar ninguém de nada. se há algo que fiz foi valorizar sindicatos e partidos de esquerda por defenderem altos ideais e não encher os bolsos como certos indivíduos que temos no nosso país.
O País precisa de acordar do coma.
Dou-te um exemplo: Há uns anos atrás um politico que fizesse merda tinha de esperar de 4 a 8 anos para voltar à vida política ativa. Hoje fazem merda e nem perdem o poleiro e o pior é que 15 dias depois já todos esqueceram e pode voltar a fazer merda outra vez.
O meu descrédito nestes políticos é total. O podre vem desde as juventudes partidárias onde os meninos já aprendem a melhor maneira para lixar o povo. Tal e qual o slogan deles "Passos/Portas à Frente"... e qualquer dia Portugal "PuF"

Sabes... as pessoas são mais do que isso. Para além de pretos, brancos, vermelhos, verdes são seres humanos e merecem ser tratados como tal pelos marionetistas do poder. Tenta parar de me colocar um rótulo e vê-me como pessoa que sou.
quote do "ok_computer": e vê os links da asssinatura do PaulAns :mrgreen:
Os meus carros a GPL foram um Renault 5 GL 1.1 de 1986 e um Daewoo lanos 1.4 de 2001
Avatar do Utilizador
chorao
Moderador(a)
 
Mensagens: 6543
Registado: 11 abr 2005, 08:32
Localização: fundão
Distrito onde reside.: Castelo Branco
Viatura a GPL?: Não

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pauloasbrito » 30 set 2015, 19:51

leoj Escreveu:
forunista Escreveu:
leoj Escreveu:Em 2013 a situação de todas as empresas de transporte do estado era esta, não acredito que tenha melhorado:

http://economico.sapo.pt/noticias/divid ... 95187.html


Sim, as dividas aumentarem são fruto do governo sub-contratar(PPPs) outras empresas para fazerem o que faziam antes funcionários da empresa. E...de financiarem mais essas empresas privadas que entram em vez da própria empresa pública. Exemplo concreto, a CP tem às costas 3 empréstimos de 100 milhões de euros, cada. Enquanto isso, deu-se ao luxo de dar(a palavra é mesmo esta) os comboios à Fertagus.



Falou como um verdadeiro trabalhador da CP, mas além desses empréstimos e esses sub-contratos todos, que aumentam as dividas, esqueceu-se de mencionar as regalias que os funcionários têm/tinham que em nada abonava para o bom estado financeiro da empresa, além das sucessivas greves que esses mesmos funcionários fizeram/fazem para manter essas regalias:

CP - Viagens de borla para funcionários (até aqui tudo bem), cônjuges, filhos, enteados e irmãos solteiros (estes teriam ou têm direito a 4000 mil quilómetros de borla por ano, e caso os gastassem 75% de desconto na compra de bilhetes, isto é que eu não entendo, todos a viajar de borla, quanto dinheiro ficou por entrar na CP com todas estas borlas).

CP - Só por se apresentar ao trabalho, cada maquinista recebe/recebia mais de seis euros por dia, devido ao subsídio de assiduidade (espera é o trabalho dele e só por se apresentar para trabalhar recebe/recebia mais 6 euros por dia)

Estes e mais subsídios, representam/representavam mais de metade – 54,3% – dos encargos totais com salários.Apenas em subsídios de condução, a CP gasta cerca de 4 milhões de euros, aos quais se juntam 2,4 milhões de euros em prémios de condução e 3,3 milhões de euros em prémios de chefia. Já as diuturnidades (antiguidade) custam 3,3 milhões de euros à empresa e os gastos o pagamento por trabalho em dias de descanso não compensados ascendem aos 4,5 milhões de euros.

TAP - Os filhos dos trabalhadores não pagam bilhetes de avião nesta operadora aérea até aos 25 anos e alguns mantêm a regalia mesmo depois de os pais já se terem reformado........

TAP - Possui acordos com hotéis de 5 estrelas, que oferecem descontos de 50% a todos os funcionários e acompanhantes, nas férias (quanto pagará a TAP por isto)

TAP - O salário médio na TAP é superior ao salário de topo de carreira na maior empresa de aviação do mundo........

Carris - Estar de baixa compensa porque a empresa garante ao trabalhador o salário sem descontos (paga zé povinho)

Isto para mencionar mais algumas despesas que aumentam ao passivo das empresas, para não ficar na ideia que é apenas as concessões e empréstimos....

Posso-te garantir que essa parte da Carris não corresponde à verdade. E mesmo na TAP isso que tá aí escrito já levou cortes, pelo menos as taxas são pagas.

E para quem acha que com o privado o serviço vai melhorar... Daqui a uns tempos falamos... Começa já pela parte de eléctricos, elevadores e ascensores passarem a uso turístico. Excelente serviço público...
http://i194.photobucket.com/albums/z100/pauloasbrito/ba1.jpg
http://images.spritmonitor.de/386629.png
Avatar do Utilizador
pauloasbrito
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 1640
Registado: 29 dez 2008, 14:57
Distrito onde reside.: Lisboa
Viatura a GPL?: Sim
Marca do Veículo: Mazda
Modelo: 323f ba 1.5cc 90cv
Ano: 1998

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor fjpeixinho » 30 set 2015, 21:16

leoj Escreveu:
forunista Escreveu:
leoj Escreveu:Em 2013 a situação de todas as empresas de transporte do estado era esta, não acredito que tenha melhorado:

http://economico.sapo.pt/noticias/divid ... 95187.html


Sim, as dividas aumentarem são fruto do governo sub-contratar(PPPs) outras empresas para fazerem o que faziam antes funcionários da empresa. E...de financiarem mais essas empresas privadas que entram em vez da própria empresa pública. Exemplo concreto, a CP tem às costas 3 empréstimos de 100 milhões de euros, cada. Enquanto isso, deu-se ao luxo de dar(a palavra é mesmo esta) os comboios à Fertagus.



Falou como um verdadeiro trabalhador da CP, mas além desses empréstimos e esses sub-contratos todos, que aumentam as dividas, esqueceu-se de mencionar as regalias que os funcionários têm/tinham que em nada abonava para o bom estado financeiro da empresa, além das sucessivas greves que esses mesmos funcionários fizeram/fazem para manter essas regalias:

CP - Viagens de borla para funcionários (até aqui tudo bem), cônjuges, filhos, enteados e irmãos solteiros (estes teriam ou têm direito a 4000 mil quilómetros de borla por ano, e caso os gastassem 75% de desconto na compra de bilhetes, isto é que eu não entendo, todos a viajar de borla, quanto dinheiro ficou por entrar na CP com todas estas borlas).

CP - Só por se apresentar ao trabalho, cada maquinista recebe/recebia mais de seis euros por dia, devido ao subsídio de assiduidade (espera é o trabalho dele e só por se apresentar para trabalhar recebe/recebia mais 6 euros por dia)

Estes e mais subsídios, representam/representavam mais de metade – 54,3% – dos encargos totais com salários.Apenas em subsídios de condução, a CP gasta cerca de 4 milhões de euros, aos quais se juntam 2,4 milhões de euros em prémios de condução e 3,3 milhões de euros em prémios de chefia. Já as diuturnidades (antiguidade) custam 3,3 milhões de euros à empresa e os gastos o pagamento por trabalho em dias de descanso não compensados ascendem aos 4,5 milhões de euros.

TAP - Os filhos dos trabalhadores não pagam bilhetes de avião nesta operadora aérea até aos 25 anos e alguns mantêm a regalia mesmo depois de os pais já se terem reformado........

TAP - Possui acordos com hotéis de 5 estrelas, que oferecem descontos de 50% a todos os funcionários e acompanhantes, nas férias (quanto pagará a TAP por isto)

TAP - O salário médio na TAP é superior ao salário de topo de carreira na maior empresa de aviação do mundo........

Carris - Estar de baixa compensa porque a empresa garante ao trabalhador o salário sem descontos (paga zé povinho)

Isto para mencionar mais algumas despesas que aumentam ao passivo das empresas, para não ficar na ideia que é apenas as concessões e empréstimos....


Caríssimo:

informa-te antes de escreveres. Sinto-me lesado com estas palavras. :D

mas olha! falas de milhões e deves pensar: "iiiiiih tanto dinheiro!!!!!"

então só para te dar uma achegazinha do que é que representa um gasto com um comboio:

Um Alfa pendular custa 30 Milhões de Euros
Uma Locomotiva eléctrica das mais recentes custa 4 Milhões de Euros
Um jogo de calços para um Alfa pendular (esta deixo para quem gostar de comboios, contar quantas pastilhas são) são 30 mil euros.
Cada paragem do Alfa Pendular, tendo em conta o desgaste dos calços e o número de travagens, custa 200 €.

Agora, vir falar que "ah e tal eles ganham melhor que eu e fazem menos que eu" parece-me feio. O que te posso dizer é: foram muitos anos de luta por direitos...muitos, muitos...e o resultado está aqui. Portanto, se queres também receber 6 euros por dia de cada vez que te apresentares ao trabalho, a fernave faz cursos para maquinistas. penso que custam 12 mil euros ou assim e só aprendes a conduzir 3 tipos de máquinas. Ah, e depois é bom que estejas bem calçadinho porque a CP não me parece que esteja a recrutar.

É preciso não esquecer que há 40 anos um maquinista era uma pessoa sem condições de trabalho, a trabalhar em locomotivas a carvão , enfim, nem vale a pena falar. Ainda hoje, desafio-te a fazer uma viagem numa loc. 1960 para saberes o que é um banquinho de pau e suspensão de pedra. apanhas uma curva com um pequeno ressalto e até andas de um lado para o outro da cabine. Há quem lhe apelide de "desporto radical".

Agora a parte do "dinheiro que ficou por entrar nos cofres da CP pela regalia dos trabalhadores" é, no mínimo, lamentável. muito, mas mesmo muito pobrezinha.

O direito dos trabalhadores andarem de borla nos comboios tem mais de 100 anos, e foi negociado pela empresa da altura pois não pôde apresentar um aumento aos trabalhadores. Passaram-se 2 guerras mundias, diversas crises económicas graves, fome, peste e sida, e esse direito nunca foi negado. Veio o passos coelho e os iluminados dos comentadores e a opinião pública em cima e pronto, tirou-se essa regalia a reformados, familiares e afins. Atenção que eu não fui afectado por isto, pois os trabalhadores admitidos depois de 1997 já apenas tinham essa regalia apenas para eles próprios.

Passo a explicar o que sucede, e NITIDAMENTE observável por colegas de trabalho: Dantes, o refomado quim e a reformada dália apanhavam o comboio às 10, para evitar a confusão, apanhavam o comboio em coimbra e iam à feira de espinho, só porque sim. Acontece que um casal amigo (de reformados, também) achava piada ao pesseio e passou a acompanhá-los. Agora, com os cortes, ficam todos em casa. O que é que se perdeu? dinheiro de bilheteira para a CP, a hortaliceira da feira de espinho, entre outros.

Já para não falar dos encontros de ferroviários reformados, que para isso viajavam em comboios que de outra forma andam vazios, do minho ao algarve, para se encontrarem e fazerem uma despesona num qualquer restaurante onde se coma bem, beba melhor, e se pague pouco, e de preferência na terra onde o judas perdeu as botas mas que o comboio pára lá. O que se perdeu? para além do convívio, perdeu o restaurante.

e já agora, só para lembrar...

" e os gastos o pagamento por trabalho em dias de descanso não compensados ascendem aos 4,5 milhões de euros."

neste ponto tenho que dizer: Azar!!!! isto está escrito na lei geral do trabalho, só não recebe quem não quer.
fjpeixinho
Utilizador
 
Mensagens: 179
Registado: 02 jul 2015, 22:39
Distrito onde reside.: Porto
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Nao Sei
Marca do Veículo: Volvo
Modelo: V70 T5
Ano: 1998

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pauloasbrito » 30 set 2015, 21:42

Não consigo perceber este problema com as regalias dos funcionários, parece mesmo aquele típica mentalidade do "se eu não tenho ele também não pode ter", gente mesquinha só pode...

A mim espanta-me ninguém querer saber dos engenheiros que são metidos nas EP's por cunhas (filhos, sobrinhos, afilhados) que ganham aos milhares sem nada fazer, os gestores que ganham prémios milionários por gerirem uma empresa deficiente, as mordomias que têm tais como carro, cartão de crédito, subsídios para representações, casa, etc... E depois os 'trocos' que os trabalhadores ganham é que fizeram o prejuízo da empresa? Tenham dó, comecem a pensar pela vossa cabeça e não pelo o que a tvi e correio da manhã mostram...

Exemplo... Loucura que a Carris e Metro fizeram uma reestruturação na empresa... Negociaram com os trabalhadores que tavam quase na reforma para se irem embora, os boys da Carris passaram pro Metro e os do Metro pra Carris... Os quadros superiores tiveram aumentos de ordenado acima dos 1000 (mil) euros mensais, os trabalhadores continuam com os ordenados congelados e o pagamento das horas extra a metade... e a culpa da dívida é de quem? Do trabalhador pois a mulher e o filho andam à borla... O salário médio da Carris é de 3000eur, acreditam que esta média vem dos 800eur de salário de um Motorista? Pensem lá um bocadinho...
Que mentalidade do caneco....

Ps- Uma curiosidade, a Mercedes na Alemanha tem cerca de 60 engenheiros, a Carris e Metro têm 300!!! Mas há assim tanta engenharia nos transportes públicos?
http://i194.photobucket.com/albums/z100/pauloasbrito/ba1.jpg
http://images.spritmonitor.de/386629.png
Avatar do Utilizador
pauloasbrito
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 1640
Registado: 29 dez 2008, 14:57
Distrito onde reside.: Lisboa
Viatura a GPL?: Sim
Marca do Veículo: Mazda
Modelo: 323f ba 1.5cc 90cv
Ano: 1998

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pcta » 30 set 2015, 22:17

Tudo isso é muito bonito, mas................. a CP uma empresa com milhões de prejuízo todos os anos e os seus empregados a quererem melhores salários? Estão habituados a que o estado cubra esses desvarios ..... depois as greves dos maquinistas....mete nojo.
Sou apologista que o país deve apostar na ferrovia mas, em primeiro fecha a CP. Depois cria uma nova CP com novos contratos e não admite certas greves....por a empresa a funcionar, se der lucro então que seja distribuído de forma justa pelos seus trabalhadores.
... a poluir pouco, mas ainda a poluir :(
Avatar do Utilizador
pcta
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 3548
Registado: 30 jul 2010, 16:03
Distrito onde reside.: Coimbra
Viatura a GPL?: Não

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor fjpeixinho » 30 set 2015, 22:18

Quanto à questão da privatização do Metro e Carris...

É completamente vergonhoso.

Para quem achar que os comboios são maus porque dão prejuízo: Dantes o estado detinha a 100% uma Cimpor, uma Galp, uma EDP, uma REN...É evidente que estas empresas davam lucro ao sector público. então o que é que se fez? vendeu-se para dar o lucro a outros padrinhos. O que é mau, fica no estado que quem paga impostos é que paga.

Se há privados ao barulho, tem que haver compensações chorudas para os mesmos para os meninos não perderem dinheiro. Eh pá, para fazer uma PPP dessas, em que sabia que ao fim de 8 anos o meu dinheiro tinha crescido x% garantidamente e acima da taxa de juro, até eu investia o meu dinheiro!!!

A Fertagus (grupo barraqueiro) faz parte do leque dessas empresas chorudamente ressarcidas pelo estado anualmente. E mais não digo...

Andei 5 anos diáriamente de STCP e não fiz uma única reclamação acerca do serviço que me era prestado. Aliás, melhor seria difícil. Ás vezes há trânsito, às vezes um autocarro atrasa-se e vai tudo à pinha no seguinte, às vezes há um gajo que abusa do perfume sovaco rabanne, mas acho muito mais piada andar de transportes públicos do que andar de carro sozinho. Pelos vistos, agora vai ser mesmo só fillet mignon. Eléctricos só para turistas? que e-s-t-u-p-i-d-e-z...
fjpeixinho
Utilizador
 
Mensagens: 179
Registado: 02 jul 2015, 22:39
Distrito onde reside.: Porto
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Nao Sei
Marca do Veículo: Volvo
Modelo: V70 T5
Ano: 1998

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor pcta » 30 set 2015, 22:21

As privatizações algumas delas e PPPs deviam ser todas analisadas pelo MP, mas a sério.
... a poluir pouco, mas ainda a poluir :(
Avatar do Utilizador
pcta
Cidadão Virtual
 
Mensagens: 3548
Registado: 30 jul 2010, 16:03
Distrito onde reside.: Coimbra
Viatura a GPL?: Não

Re: PPPs Metro e Carris

Mensagempor fjpeixinho » 30 set 2015, 22:40

pcta Escreveu:Tudo isso é muito bonito, mas................. a CP uma empresa com milhões de prejuízo todos os anos e os seus empregados a quererem melhores salários? Estão habituados a que o estado cubra esses desvarios ..... depois as greves dos maquinistas....mete nojo.
Sou apologista que o país deve apostar na ferrovia mas, em primeiro fecha a CP. Depois cria uma nova CP com novos contratos e não admite certas greves....por a empresa a funcionar, se der lucro então que seja distribuído de forma justa pelos seus trabalhadores.


alguma vez viste um maquinista a pedir melhor salário? :D

devias ler melhor acerca de quais são as reclamações das greves.

Essas greves de facto metem nojo. Mas posso-te dizer que os maquinistas descontam 1 ou 2 % do salário para fundo de greve. (só este sindicato e o dos pilotos da aviação faz isto.) Resultado? fazem greve e o sindicato paga-lhes o salário. Podem ser chamados de prevaricadores ou grevistas compulsivos? eu penso é que são é inteligentes, unidos, e reivindicam os seus direitos. e o resto é treta.

Quanto à questão da ferrovia dar uns milhões de prejuízo, devo-te dizer: Apenas na suíça isso acontece, e sobretudo devido ao intenso tráfego de mercadorias. Na alemanha acontece com algumas linhas. Nem nos anos 80, em que a linha de Sintra era a mais concorrida da europa (dizia-se), ela dava lucro só por si. E os comboios andavam à pinha.

Quanto a fechar a CP, é quase o mesmo que dizeres que vais fazer uma torre de belém ao lado da original e vais ter uma estratégia de marketing inovadora e vais fazer rios de dinheiro. Qualquer empresa pode colocar um comboio a circular nas linhas da Refer, tem é que pagar as devidas "portagens", que neste caso são cobradas por km e saem anualmente em diário da república. e no documento "directório de rede"(cerca de 1,5€ por km, mais coisa menos coisa, conforme uma série de parâmetros de qualidade da linha). Aliás, esse mesmo "directório de rede" é como se fosse um atlas das linhas ferroviárias portuguesas, e serve justamente para isso: Se tu tiveres uma locomotiva esquecida em casa, lês o directório de rede, vês quanto pagas para ir de X a Y, homologas a máquina (IPO, mas em que pagas uma factura com 4 ou 5 ou 6 dígitos) e metes-la a andar por aí. A questão é que apenas uma empresa (a Takargo) faz serviços desses. e outras não se seguirão pois as nossas estradas são muito melhores que a ferrovia.
fjpeixinho
Utilizador
 
Mensagens: 179
Registado: 02 jul 2015, 22:39
Distrito onde reside.: Porto
Viatura a GPL?: Sim
Marca do KIT GPL: Nao Sei
Marca do Veículo: Volvo
Modelo: V70 T5
Ano: 1998

Publicidade Aqui ?
(clique aqui)

AnteriorPróximo

Voltar para Convívio

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

Custo de chamada igual a uma chamada para 219947420
cron